Tipos de cimento



A criação de tipos diversos de cimento, com o uso de adições como escorias e pozolanas, uniu o útil ao agradável. Dessa maneira se aproveita subprodutos poluidores e agrega características especificas ao cimento, como regulação do calor de hidratação, permeabilidade e resistência aos ataques químicos.

O cimento é uma das primeiras coisas que se compra, um dos itens mais importantes e indispensável e nem sempre sabemos a diferença entre eles. Existem 6 tipos deles, mas os mais ultilizados em obras comuns são o CP II, o CP III e o CP IV. Todos, porém, apresentam diferentes classes (25, 32 e 40), que estão associadas à resistência à compressão.

Alguns deles:
Portland Comum (CP I): é puro, sem nenhuma modificação. Tem custo alto e menos resistência. A produção é praticamente toda dirigida à indústria para o uso em construções de concreto em geral quando não há exposição a sulfatos do solo ou de águas subterrâneas.
Portland Composto (CP II): aplicado em todas as fases da construçã
o, disponível com três diferentes adições. O CP II - Z, com material pozolânico, serve para fossas sépticas, por exemplo. O CP II - E vem com escória de alto forno, ideal para estruturas que possam ser atacadas por sulfatos. O CP II - F leva material carbonático, ótimo para pisos e tijolos de solo-cimento.
Portland de Alto-Forno (CP III): feito de escória da indústria do aço, é menos poroso e mais durável. Pode ficar exposto a esgoto e chuva ácida. Usado nas fundações.
Portland Pozolânico (CP IV): acrescido de pozolanas, é pouco poroso. Resistente à água do mar e aos e
sgotos. A cura mais lenta o torna adequado a grandes volumes de concreto.
Portland de Alta Resistência Inicial (CP V - ARI): tem resistência alta nos primeiros dias. Como endurece rápido, pode trincar se o concreto sofrer resfriamento. Usado em argamassas e piso de cimento queimado, entre outras aplicações.
Por
tland Branco (CPB): o estrutural (classes 25, 32 e 40) serve para qualquer obra; o não-estrutural, para revestimento ou matéria-prima em rejuntes. Pode ser colorido com pigmentos.
Ada
ptado de Associação Brasileira de Cimento Portland



Cimento Portland(ABNT) Tipo Clínquer + Gesso (%) Escória siderúrgica (%) Material pozolânico (%) Calcário (%)
CP I Comum 100 - - -
CP I - S Comum 95-99 1-5 1-5 1-5
CP II - E Composto 56-94 6-34 - 0-10
CP II - Z Composto 76-94 - 6-14 0-10
CP II - F Composto 90-94 - - 6-10
CP III Alto-forno 25-65 35-70 - 0-5
CP IV Pozolânico 45-85 - 15-50 0-5
CP V - ARI Alta resistência inicial 95-100 - - 0-5



Fonte do gráfico: Wikipedia

Nenhum comentário:

Related Posts with Thumbnails